Nota de Esclarecimento sobre a interrupção do Festival Internacional de Circo na Maré

Como noticiado nesta quinta-feira pelo Jornal O Dia, duas apresentações do 3o Festival Internacional de Circo foram interrompidas na tarde de ontem, quarta-feira, dia 2 de dezembro, na Praça da Nova Holanda, no Complexo da Maré. O Festival esclarece que ao contrário do que foi noticiado por informação da sua direção, a referida operação policial não foi realizada pela Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, mas pela CORE - Coordenadoria de Recursos Especiais, unidade de operações especiais da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro. Clique e leia a matéria completa.

Apresentação do Artinerant´s do Campo de Santana será no Crescer e Viver

Quem ia ao Campo de Santana hoje às 16h, assistir Artinerant´s, avisamos que esta apresentação está cancelada por motivo de chuva. Essa apresentação que aconteceria hoje no Campo de Santana foi transferida para essa sexta-feira, dia 4/12, às 16h no Circo CRESCER E VIVER, que receberá o Artinerant´s nesse dia em duas sessões, essa de 16h e a das 20h. Ambas são gratuitas com retirada de senha uma hora antes no local. #EuRio #Rio450 #CulturaPresente

Encontro de gerações do Circo no Retiro dos Artistas

O Circo é alegria, emoção, vibração, poesia e reencontro... No Retiro dos Artistas, na manhã desta quarta-feira, a poesia de um doce encontro da artista circense Dona Heloá Scavone, de 96 anos, que fazia número de força capilar, com os jovens artistas do Circo Artetude, na apresentação do Grande Circo dos Irmãos Saúde, clicados pelo nosso produtor Fernando Barcellos! #EuRio #Rio450 #CulturaPresente

Festival de Circo na luta contra a AIDS

O 3º Festival Internacional de Circo do Rio de Janeiro tem Circo, alegria e engajamento. Nesta terça-feira, 1º de dezembro, Dia Mundial da Luta contra a AIDS, acontece uma apresentação do Circo Artetude, com o espetáculo O Circo dos Irmãos Saúde, dentro de um evento organizado pelo Marcos Moraes, Técnico de Enfermagem da Fiocruz há 10 anos e pelo quarto consecutivo organizando a iniciativa que pretende conscientizar as pessoas da importância da prevenção e da luta contra o preconceito. Além da apresentação do Circo Artetude, a Fiocruz também recebe o músico Marcelo Yuka para um bate-papo sobre o tema: Somos diferentes, mas todos iguais, que conta ainda com a participação do sambista Bruno Sales.